sábado, 30 de abril de 2011

O Dia Mundial da Água estimulando a reflexão e a construção textual pelos alunos das Totalidades

O "Dia Mundial da Água" foi criado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, através da resolução A/RES/47/193 de 21 de Fevereiro de 1993, declarando  o dia 21 de março como sendo o "Dia Mundial das Águas (DMA)". Dentre outras finalidades, a data tem o papel de sensibilizar a humanidade para a necessidade urgente de se criar atitudes diferenciadas para o consumo deste bem tão precioso que é a ÁGUA, de forma consciente e sustentável.

O tema "consumo consciente" é uma das interfaces do projeto pedagógico do Laboratório de Informática/EJA, que pretende envolver os alunos em atividades de reflexão crítica, a partir das próprias práticas de consumo feitas no cotidiano, para proposição de ideias que possam contribuir e sensibilizar a construção de novas posturas de manejo e  consumo dos recursos naturais - no caso específico deste trabalho, da ÁGUA.

A atividade partiu da discussão de um vídeo que explora a problemática do desperdício da água, e de alternativas para diminuir o consumo desnecessário. Em outro momento, os alunos utilizaram um instrumento construído no editor de texto Word, que teve como objetivo estimular a produção escrita, de forma coletiva, acerca da temática trabalhada. A participação dos alunos foi significativa tanto nas exposições de ideias sobre a problemática abordada, quanto na construção escrita das mensagens sobre a questão ambiental.

Conheça os instrumentos que foram utilizados como apoio didático para mediar a produção dos alunos, e a apresentação de alguns recortes das mensagens que compõem este trabalho, de autoria do conjunto de alunos das turmas de Totalidades. Essas produções foram editadas pelas professoras do LIED/EJA, com a finalidade de servir como recurso para novas leituras e releituras, animando os debates desse tema no processo escolar.



video 
 

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Sala de aula natural: exemplos de práticas de campo do Curso Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Médio

O contato direto com o ambiente natural é o momento mais esperado pelo alunado do Curso Técnico em Meio Ambiente da Funbosque. As aulas de campo oportunizam que estudantes e professores observem, in loco, os problemas e as interações ecológicas dos sistemas naturais, favorecendo o entendimento dos conteúdos ministrados em sala de aula e, ainda, promovendo o interesse, a curiosidade e a descoberta dos alunos.

Ao longo dos anos de 2009 e 2010, realizaram-se aulas de campo objetivando contextualizar os conteúdos trabalhados em sala de aula, observar os processos de antropização dos ambientes visitados, bem como identificar as características dos complexos ecológicos e sua importância socioeconômica local.

As visitas foram realizadas nas praias de Ajuruteua, Barcarena e Queiral, esta localizada no distrito de Outeiro. Trabalhou-se as disciplinas Biodiversidade e Meio Ambiente, Ecologia, Poluição Ambiental e Saúde Humana. Os professores Célio Costa, Eliane Brabo, Patrícia Oliveira, Paula Bastos e Waldinézia Martins coordenaram as atividades.



Em Ajuruteua, a partir das aulas de Ecologia e Poluição Ambiental, identificou-se os processos de antropização da praia e manguezais: A- observação dos alunos; B- presença de casas na zona de intermarés; C- presença de fossas na zona de intermarés; D- animais domésticos presentes na praia; E- fezes de animais domésticos na zona de intermarés; F e G- resíduos sólidos; H- casas nas dunas; I- animais mortos na praia.


Barcarena, turma Pescada, ano de 2009. Muitas observações durante a aula de Ecologia e Educação Ambiental.


Barcarena, turma Dourada, ano de 2010. Foi necessário muito trabalho de equipe para a conclusão das atividades. Na ocasião, o professor Agnaldo Rabelo, geógrafo, explicou para os alunos sobre as características espaciais do local e sua relação com a história socioeconômica do município.



Praia do Queiral, turma Dourada, ano de 2009. Aventura e muita atenção para todos os detalhes! As interações ecológicas estão em todas as partes.


As aulas de campo constituem um instrumento pedagógico importante por permitirem que sejam criadas verdadeiras salas de aula ao ar livre e, sobretudo, por diferenciarem-se do aprendizado tradicional. O conhecimento sobre a importância ecológica e socioeconômica dos ambientes naturais é de fundamental importância para a sua valorização e conservação.

Quem ama, cuida.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Integração de recursos tecnológicos para a realização da diagnose escolar no Laboratório de Informática Educativa - EJA

A combinação de mídias foi um recurso utilizado para a realização da diagnose escolar 2011 das turmas da Educação de Jovens e Adultos, no âmbito das atividades do Laboratório de Informática Educativa – LIED/Noite. A diagnose geral do turno da noite teve como temática o curta “Vida Maria”, que foi exibido e trabalhado pela equipe docente e técnica, associada a outras dinâmicas, para levantamento de informações referentes ao perfil dos estudantes a serem atendidos na referida modalidade de ensino neste ano letivo.

Na continuidade do processo, e objetivando atender as especificidades das atividades escolares no campo de ação do projeto de Informática Educativa, o LIED/Noite fez, integrada à exibição do curta “Vida Maria”, uma tempestade de ideias com os estudantes inspirada na mensagem do vídeo, além da realização de um trabalho em Power Point, que tiveram a finalidade de levantar as expectativas e interesses discentes relacionados ao projeto de Informática Educativa.

Os processos desenvolvidos nessa etapa do planejamento escolar foram motivadores da participação qualitativa do alunado, o que contribuiu para o levantamento de importantes informações que estarão norteando a (re) construção do projeto pedagógico do LIED para o ano letivo de 2011.

Abaixo você pode acessar o link para o curta “Vida Maria” e explorar a atividade que foi realizada pelos alunos na diagnose do Laboratório de Informática Educativa.


http://www.youtube.com/watch?v=v6uDhRAguTg